MÚSICA MOINHOS AO VENTO

Compartilhe:
MOINHOS AO VENTO
Letra: Mongol
Intérprete: Mongol    
Cidade: Rio de Janeiro-RJ

{mp3remote}https://www.pereirabarreto.sp.gov.br/images/stories/audio/mpb132/13.mp3{/mp3remote}
 

Onde que se amarra esta saudade
Que ficou em mim
Dos amigos, das namoradeiras?
Faz tanto tempo enfim.
Ai! Até parece brincadeira,
No meu coração há dor,
Mas não sei viver de outra maneira,
Quem manda em mim é o amor.

 

Com tantas invenções
Vou me perdendo nesse tempo,
Usando as canções
Pra combater moinhos ao vento
E o vento me leva na minha procura,
Loucura, ou seja, o que for.

Nada é igual ao que era antes,
Nem você, nem eu.
Hoje somos muito diferentes
Por tudo que a gente viveu.
É tão pouco uma vida inteira,
Mas seja aonde for
Eu não viverei de outra maneira,
Quem manda em mim é o amor

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *