Música Flores do Cangaço – XIV Festival de Mpb de Pereira Barreto

Compartilhe:

{mp3remote}https://www.pereirabarreto.sp.gov.br/images/stories/audio/mpb14/02-flores-do-cangaço.mp3|900|22|1{/mp3remote}

{tab=Letra}

 

Mulher do cangaço, fina flor de fino trato

Dinha de Delicado, mel de Beija-Flor

Cada pétala tem cheiro, de sertão, raiz e mato

Canto de Canário, para Adília seu amor

Dulce sem Criança era brinquedo sem amor

Neném sem Luiz Pedro, uma santa sem andor
Lídia de Zé Baiano, foi poesia sem autor

Hortênsia Volta Seca e Veronquinha Beija Flor

Sila sobrevive no Sereno, sinhazinha

Iracema Pinga Fogo, Labareda em Mariquinha
Gato, presa de “macaco”, onde a isca foi Inacinha

Boa Vista viu Doninha, avoou Besouro pra Zéfinha


Mulher do cangaço, fina flor de fino trato

Maria mais Bonita acendendo o Lampião

Cada pétala tem cheiro, de sertão, raiz e mato

Como pé de Dada, ou Maninha de Gavião

Maria, flor Bonita, iluminando o “Capitão” 

 

Um lindo vagalume, acendendo o Lampião 

Sêmente que germina, trouxe o fruto da paixão

Bem-vinda, Expedita, flor menina do sertão

 

Por Dadá, se vê, flor arrancada do jardim

Corisco correu risco, por amor até o fim

Quem troca a cabeça pelo pé, é estopim

É o corpo desta historia, tim tim por tim tim.

Mulher do cangaço, fina flor de fino trato

Dinha de Delicado, mel de Beija-Flor

Cada pétala tem cheiro, de sertão, raiz e mato

Canto de Canário, para Adília seu amor      

Mulher do cangaço, fina flor de fino trato

Maria mais Bonita acendendo o Lampião

Cada pétala tem cheiro, de sertão, raiz e mato
Como pé de Dada, ou Maninha de Gavião

Não é flor que se cheire, se espinho fere o coração

Toda flor que se cheira, deixa um perfume entre as mãos

{tab=Artista}

LETRA: TAVINHO LIMA E SANDRO LIVAHCK

INTÉRPRETE: TAVINHO LIMA E SANDRO LIVAHCK

CIDADE: AMERICANA-SP

 

{tab=Data de apresentação}
Quinta-Feira 09/10/2013 

2ª Música da noite
{/tabs}

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *