Música NO ANDOR DO MEU CANTO – XV Festival de Mpb de Pereira Barreto

Compartilhe:

{mp3remote}https://www.pereirabarreto.sp.gov.br/images/stories/audio/mpb15/sexta/13-NO-ANDOR-DO-MEU-CANTO.mp3|900|22|1{/mp3remote}

{tab=Letra}

 

Os meus olhos são dois alagados
Semelhantes a um braço de rio
E pra eles teu corpo é um prado
Florescido em meados de abril

Eu te vejo santa paisagem
Mar aberto, montanha, navio
Céu azul, trem de ferro, aragem
Uma planta enfeitando o Brasil

E te ponho no andor do meu canto
Nas cantigas que eu faço feliz
Entre os peixes e os bichos do campo
Nas barrancas do rio Tocantins

 

 

 

Eu visito o teu quarto minguando
Toda vez que a saudade me diz
Um poema de lua brilhando
Uma história dos velhos Tupís

E não fecho o banzeiro do pranto
Que deságua em meu rosto feliz
Alagando o grotão do meu canto
Como a chuva que alaga os capins

Vez em quando eu visito teu manto
Roço a pele nos teus curumins
Deposito a saudade no encanto
Pra depois te cantar bem mais feliz

{tab=Artista}

LETRA

 

JOÃOZINHO GOMES

INTÉRPRETE

 

EUDES FRAGA

CIDADE

 

BELÉM-PA

 

{tab=Data de apresentação}
Sexta-Feira 16/05/2014 

13ª Música da noite
{/tabs}

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *