Música TROVÕES – XV Festival de Mpb de Pereira Barreto

Compartilhe:

{mp3remote}https://www.pereirabarreto.sp.gov.br/images/stories/audio/mpb15/quinta/10-TROVOES.mp3|900|22|1{/mp3remote}

{tab=Letra}

 

Quantas vezes te olhei.
Quantas vezes quis te seguir
Quantas pedras eu pisei…
E quantos escorregões eu levei.

Aprendi que cada um… O seu caminho tem que seguir.
Aprendi que cada um leva uma cruz… E que não existe mais um Cireneu.

Se eu tanto relutei pra mudança desse mundo,
Hoje sei que nada sei o que acontece em um segundo… 
Da energia, a minha vida, a sua vida, a nossa estrada.
Talvez eu não saiba nada.
Talvez eu não saiba… Nada.

Se já em forma de semente eu venci, voltei pra casa.
Mato um leão a cada dia, a cada dia uma jornada.
O que te faz melhor que eu?
O que me faz igual você?
Talvez eu não saiba nada.

Eu ouço passos na calçada (não sei se amanhecerei).
O que era vento agora é triste (não sei se amanhecerei).
Ouço trovões que vem do céu (não sei se amanhecerei).
Vejo olhares de maldade na busca por poder

 

 

O medo existe.
O mundo está triste.
O mundo existe…
E o medo ainda persiste (não sei se amanhecerei).
Vejo olhares de maldade na busca por poder.

O medo existe (eu ouço passos na calçada).
O mundo está triste (o que era vento agora é triste).
O mundo existe (ouço trovões que vem do céu).
E o medo ainda persiste (não sei se amanhecerei).
Vejo olhares de maldade na busca por poder.
O medo existe.

Quantas vezes te olhei.
Quantas vezes quis te seguir.

 

{tab=Artista}

LETRA

 

CHANTAL RODRIGUES

INTÉRPRETE

 

CHANTAL RODRIGUES

CIDADE

 

PEREIRA BARRETO-SP

 

{tab=Data de apresentação}
Quinta-Feira 15/05/2014 

10ª Música da noite
{/tabs}

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *