Música VENDI A ALMA PARA O INSS – XV Festival de Mpb de Pereira Barreto

Compartilhe:

{mp3remote}https://www.pereirabarreto.sp.gov.br/images/stories/audio/mpb15/sexta/14-VENDI-A-ALMA-PARA-O-INSS.mp3|900|22|1{/mp3remote}

{tab=Letra}

 

Eu vendi a alma, pro INSS, pra pagar as contas, e me livrar dos cheques.
Que voltavam mais do que bumerangue,
Hoje ganho a vida em cima de um andaime.

É num compasso, que eu faço uma parte do começo do verso dessa canção.
Que fala da minha vida, poucas vezes mal vivida,
mais devendo muito mais do que pagão.

Estava cansado de tanto ser cobrado, chega de ser humilhado,
vou trocar de profissão.
Pra ter carteira assinada, entrei na maior cilada, que roubada,
despedi meu violão.

Eu que cantava até de manhãzinha, passava a noite inteirinha
calejando o dedo meu.
Tocava Elba, Djavan e Caetano, dedilhando e anunciando
aquela moda do Alceu.
E acordava no cinema em casa, logo eu me levantava no
Merchant do Mercosul.
E assistia aquela parte do final, de um filme não atual ,
um tal de lagoa azul.

 

 

 

 

 

Todo artista é mal visto, mais ouvido é bem quisto, assim dizia o meu avô.
Que cantava essa moda mentirosa, em verso e até em prosa, o velho me enrolou.

Já estou cansado, de tanto ser enganado , cansei de pedir fiado já estou pagando pra ver.

Está mais virado que papo de pescador, promessa de gigolô, creio que não creio em crer.

Mais quer saber, eu já estou no meu limite, prefiro comer alpiste que bater o meu cartão.

Carreguei bloco, fiz a massa do cimento, joguei fora o meu talento, construindo essa mansão.
Ai meu deus, o que posso fazer, se dever é minha sina e cantar é meu prazer.
Tomei coragem despedi o meu patrão, empreguei meu violão, e vim cantar pra tu ver.Recomprei a alma, do INSS, abracei as contas, sejam bem vindos os cheques.

Mas hoje a paz, me invade o dia.
Antes pobre rindo, que rico na terapia.

 

 

 

 

 

 

{tab=Artista}

LETRA

 

PAULIM FARINHA

INTÉRPRETE

 

PAULIM FARINHA

CIDADE

 

PEREIRA BARRETO-SP

 

{tab=Data de apresentação}
Sexta-Feira 16/05/2014 

14ª Música da noite
{/tabs}

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *