Música BURACOS DO METRÔ – XVI Festival de Mpb de Pereira Barreto

Compartilhe:

 

{mp3remote}https://www.pereirabarreto.sp.gov.br/images/stories/audio/mpb16/sexta/12-buracos-do-metro.mp3|900|22|1{/mp3remote}

 

{tab=Letra}

 

Chegou do norte como quem chega do nada
e na calçada cabisbaixo ele sentou
pobre joão

 

Tinha a maria barriguda sete filhos muita tralha
e hoje trabalha nos buracos do metrô

 

É lá embaixo que ele paga os seus pecados
com seu corpo já marcado e muita dor
e muita fé no coração

 

Vai cavoucando o dia inteiro a terra seca
que é mais seca do que a seca que assolava o seu sertão

 

É dia e noite bate estaca e picareta
se der bobeira leva bronca do patrão

 

No fim do mês é muita conta pouca grana
no boteco muita cana
e no peito seu castelo vai ao chão

 

é lá embaixo que ele paga os seus pecados
com seu corpo já marcado e esse nó no peito

 

Sonha acordado com a obra terminada
sua estátua bem na entrada rindo satisfeito

 

E chega em casa e pergunta pra maria
o que temos para hoje ela responde

 

E chega em casa e pergunta pra maria
o que temos para hoje ela responde…
Agonia.

{tab=Artista}

12 – MÚSICA: BURACOS DO METRÔ
AUTOR DA LETRA: GABRIEL DE ANDRADE FERREIRA E ANDRÉ SERRA DE ANDRADE (IN MEMORIAN)
AUTOR DA MÚSICA: GABRIEL DE ANDRADE FERREIRA E ANDRÉ SERRA DE ANDRADE (IN MEMORIAN)
INTÉRPRETE: BIEL E GRUPO FOLHA SECA
CIDADE: CAÇAPAVA – SP

 

{tab=Data de apresentação}
Sexta-Feira 08/05/2015

1ª Música da noite
{/tabs}

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *