CREAS de Pereira Barreto realiza campanhas de conscientização de violência contra a mulher

Hoje (25 de novembro) é celebrado o Dia Internacional da Violência contra a Mulher. Durante todo o mês, o CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social de Pereira Barreto, realiza campanhas visando conscientizar e alertar a população acerca dos danos causados por este tipo de prática. A violência contra a mulher pode acontecer de diversas formas e, em grande parte, é cometida dentro do próprio lar, sendo praticado por pessoas próximas à sua convivência, como maridos ou companheiros.

O CREAS está realizando palestras socioeducativas referente a violência doméstica que são ministradas pela palestrante Valeska Arruda Linjardi Lima e direcionadas às famílias acompanhadas pela rede socioassistencial. Os encontros foram realizados nas unidades de atendimentos. As atividades ocorreram nos dias 17 na APAE e depois com as famílias atendidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos AERFAC. No dia 18, a palestra foi com as famílias atendidas pela Legião Mirim, através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. 

Para  ampliar a divulgação de informações referente ao combate á violência doméstica a Prefeitura da Estância Turística de Pereira Barreto, através do CREAS, fixou em pontos estratégicos da cidade placas alusivas a campanha.

Na Lei Maria da Penha (Lei n. 11.340, de 7 de agosto de 2006) estão previstos cinco tipos de violência doméstica:

  1.  Violência física: qualquer conduta que se use de força física para ferir, lesar ou provocar dor à mulher. Ex: atirar objetos, lesões com objetos cortantes, tortura;
  •  Violência psicológica: conduta que causa danos emocionais ou tenta controlar ações, comportamentos, crenças e decisões. Ex: ameaça, constrangimento, manipulação;
  •  Violência sexual: quando se obriga a mulher a presenciar ou manter interações sexuais por meio do uso de força física, intimidação, coerção ou influência psicológica. Ex: estupro, impedimento de uso de métodos contraceptivos;
  •  Violência patrimonial: conduta que implica dano, perda, destruição ou retenção de objetos pessoais, instrumento de trabalho ou bens materiais. Ex: controlar dinheiro, furto, destruição de objetos de valor propositalmente;

5. Violência moral: configura calúnia, injúria e difamação. Ex: fazer críticas mentirosas, expor a vida íntima da mulher;

Comentários

Deixe um comentário

Notícias relacionadas

Horários

Atendimento ao público:

De Segunda à sexta-feira das 13h às 17h

Funcionamento:

De Segunda à sexta-feira das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h

Endereço

Av: Jonas Alves de Mello, 1947

Cep 15370-042

Pereira Barreto (SP)

Veja no mapa como chegar

Prefeitura da Estância Turística de Pereira Barreto
CNPJ 44.446.904/0001-10
© 2013 – 2022
Site desenvolvido pela equipe do Setor de Tecnologia da Informação da Prefeitura Municipal
informatica@pereirabarreto.sp.gov.br