Equipe de fiscalização de Pereira Barreto intensificou trabalho durante o final de semana para conter aglomeração

Compartilhe:

Medidas de proteção contra a Covid-19 foram intensificadas na cidade para conter o avanço da doença

A Prefeitura da Estância Turística de Pereira Barreto intensificou a fiscalização no combate ao enfrentamento a Covid-19. A equipe foi reforçada no final de semana, para evitar possíveis pontos de aglomerações.

O trabalho foi feito pelos Fiscais da Vigilância Sanitária, Fiscais de Obras, Postura e Tributos, Agentes de Vigilância em Saúde, além do acompanhamento e apoio da Polícia Militar.

A Secretaria de Saúde contratou uma equipe operacional para conter a entrada de pessoas no tablado e Praia Municipal Pôr do Sol que são pontos comuns de aglomeração, especialmente nos feriados e finais de semana.

Mesmo com o apoio, a equipe atendeu três registros de aglomeração no tablado. Segundo a fiscalização, algumas pessoas estavam visivelmente alcoolizadas e tentaram fugir do local de maneira perigosa, precisando ser contidas pela Polícia Militar.

A equipe foi dividida em turnos para atuar tanto na cidade como na zona rural, monitorando ranchos e pousadas. Na cidade foram registradas duas denúncias. Em uma delas foi constatada aglomeração com a realização de uma festa junina.

O proprietário foi autuado e, de acordo com a Vigilância Sanitária, casos como estes, terão relatório sobre a situação que será encaminhado ao setor jurídico do munícipio para providências.

Ainda no sábado, foram flagrados três casos de pessoas isoladas que tentaram entrar nos Supermercados. Essas pessoas foram barradas pela equipe da saúde que fez a fiscalização nas portas destes estabelecimentos. Os infratores foram penalizados e terão seus casos enviados ao Ministério Público.

Foram monitoradas ainda todas as quadras e campos de futebol, em alguns locais havia aglomeração que foi dispersada com a chegada da equipe.

Com o feriado da próxima sexta-feira, dia 9, a equipe de fiscalização será redobrada para conter possíveis pontos de aglomeração e descumprimento do Decreto Municipal em vigor.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *