Prefeito Joãozinho participa da solenidade de inauguração do complexo solar da EDP Renováveis

Compartilhe:

O prefeito João de Altayr Domingues participou, da cerimônia de inauguração do complexo solar da EDP Renováveis, instalado em Pereira Barreto. Joãozinho descerrou a fita inaugural e agradeceu o investimento feito no município. Este é o maior complexo solar do Estado de São Paulo e o quinto maior do Brasil, com uma potência instalada de 252,29 MWdc. Localizado em Pereira Barreto, será o maior complexo desenvolvido, construído e operado pela empresa em todo o mundo.

O evento contou também com a presença autoridades regionais e do presidente executivo do grupo EDP e CEO da EDP Renováveis, Miguel Stilwell d’Andrade; de Cassiano Quevedo Rosas de Ávila, Subsecretário Estadual de Energia e Mineração. Também estiveram na inauguração os vereadores Gilberto Marques, Luiz Antônio Arantes Garcia, Wilson dos Santos Martins, Fábio José França, Silvio Nogueira do Nascimento, Tarlei Arlei Benevides e Nilson Alves Martins.

A potência instalada na cidade é de 252,29 MWdc. Sua produção anual será de 547MWh, o suficiente para abastecer uma cidade com 751.970 habitantes. As placas estão instaladas em uma área total de 455 hectares, o equivalente a 421 campos de futebol. O parque, que produzirá energia limpa, evitará a emissão de mais de 150 toneladas de CO2 por ano.

Complexo Solar

A planta fotovoltaica do parque contribui de forma sustentável para a criação de emprego: o projeto gerou 1,5 mil postos de trabalho, mais de metade (56%) a nível local. Durante sua produção, o parque deverá contribuir com mais de 30 postos de trabalho permanentes. O projeto, com uma área total de 455 hectares, o equivalente a 421 campos de futebol, evitará a emissão de mais de 150 toneladas de CO2 por ano.

A capacidade de geração da planta por ano será de 547,000 MWh, distribuída nas quase 600 mil placas solares, suficientes para abastecer uma cidade com 751.970 habitantes. A empresa, que irá comercializar a energia verde deste grande projeto solar, será a EDP Brasil (ENBR3), por meio de sua comercializadora.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *