Prefeito Joãozinho se reúne com representes da Associação Comercial para discutir adequação do comércio local a fase laranja do Plano São Paulo

Compartilhe:

Empresários apresentaram reivindicações da ACITA ao Chefe do Executivo Municipal para que comerciantes não sejam prejudicados pelas novas medidas.

O Prefeito da Estância Turística de Pereira Barreto, Joãozinho, reuniu-se na manhã desta terça-feira (19), em seu gabinete, no Paço Municipal “Francisco Vidal Martins”, com representantes da Associação Comercial Industrial e de Transporte Agrícolas (ACITA). Acompanhado do Secretário Municipal de Assuntos Jurídicos, Emílio Francisco Chiesa, os empresários Moura, atual vice-presidente da ACITA e Marcos Ataíde, membro da Diretoria Executiva da entidade, para discutir o Decreto Municipal Nº 5.551, que tratou da regressão de fase do plano de combate a pandemia da Covid-19, o Plano São Paulo.

De acordo com o Plano São Paulo, a nova classificação que o Governo Estadual fez para a região de Araçatuba, a qual Pereira Barreto está inserida, a região passou da fase amarela para a fase laranja. Assim, diversas medidas foram adotas pela Administração Municipal para readequar o comércio local à nova etapa. Nesta fase, todos os setores do comércio e de serviços seguem permitidos a funcionar com atendimento presencial, de forma contínua, das 8h às 16h, ou de forma fracionada, tendo como horário limite as 20h, com exceção de bares.

Sendo assim, os representantes da ACITA trouxeram uma proposta para alteração do decreto municipal, para que o comércio pereira-barretense funcione do horário das 9h às 17h. O Prefeito Joãozinho e o Secretário Municipal de Assuntos Jurídicos, Emílio Chiesa, ouviram os argumentos dos empresários e acataram a proposta visando uma solução que seja viável e democrática, sem prejudicar os comerciantes pereira-barretenses e também evitar o aumento no número de casos de contaminação pelo novo coronavírus.

Um novo decreto foi formulado e será publicado ainda nesta terça-feira.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *