Campanha Agosto Dourado incentiva o aleitamento materno

Compartilhe:

Ministério da Saúde recomenda amamentação até os 2 anos de idade ou mais e, de forma exclusiva, nos seis primeiros meses de vida

A Prefeitura da Estância Turística de Pereira Barreto, através da Secretaria Municipal de Saúde, realiza neste mês ações de incentivo ao aleitamento materno. A campanha faz parte do Agosto Dourado que acontece anualmente em parceria com o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

A amamentação é vital para a saúde de uma criança ao longo da vida. O aleitamento materno, na primeira hora de nascimento, protege os recém-nascidos de infecções e salva vidas. Os bebês correm maior risco de morte por diarreia e outras infecções quando são amamentados parcialmente ou não são amamentados.

Amamentar é muito mais do que nutrir a criança. É um processo que envolve interação profunda entre mãe e filho, com resultados no estado nutricional da criança, em sua habilidade de se defender de infecções, e em seu desenvolvimento.

Em Pereira Barreto, a Saúde Municipal oferece na rede pública atendimento especializado para o incentivo ao aleitamento materno. O município conta com atendimento de médico Pediatra que oferece às mamães todas as orientações necessárias ao ato de amamentar, bem como os seus inúmeros benefícios.

O Ministério da Saúde recomenda a amamentação até os dois anos de idade ou mais, e que nos primeiros 6 meses, o bebê receba somente leite materno, sem necessidade de sucos, chás, água e outros alimentos. Quanto mais tempo o bebê mamar no peito, melhor para ele e para a mãe.

Em casos específicos em que não é possível garantir a amamentação exclusiva, o Sistema Único de Saúde oferece, de forma gratuita, aos bebês de até dois anos de idade, que são alérgicos à proteína do leite de vaca (APLV), acesso às fórmulas alimentares. Esses alimentos devem ser oferecidas com base em laudos médicos. A Secretaria de Saúde orienta ainda que logo após o parto as mamães devem procurar suas Unidades de Saúde para receber todos os atendimentos e encaminhamentos necessários à elas e aos seus bebês.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *