Secretaria Municipal de Saúde definiu estratégia de vacinação contra a Covid-19

Compartilhe:

Na primeira fase de vacinação, serão vacinados os trabalhadores da Saúde, em data ainda a ser definida.

A Prefeitura da Estância Turística de Pereira Barreto, através da Secretaria Municipal de Saúde, definiu a estratégia de vacinação contra o novo coronavírus, causador da Covid-19. Após informações do Governo do Estado de Saúde quanto a aquisição de vacinas e sua distribuição aos municípios Paulistas, a Equipe Municipal de Saúde definiu todo o planejamento estratégico para vacinar a população pereira-barretense neste primeiro momento.


A data de início para a Campanha ainda será definida, porém,toda a equipe já está preparada para iniciar a vacinação. Seringas e agulhas para a aplicação das vacinas já estão disponíveis no município. A Secretaria Municipal de Saúde aguarda a chegada das vacinas para divulgar a toda população a data de início da vacinação.

O Governo do Estado de São Paulo já estabeleceu o público-alvo da campanha de vacinação contra a Covid-19 nesta primeira fase, que serão divididos, inicialmente, em duas etapas. A primeira será voltada aos profissionais que atuam na área da Saúde, tanto da rede pública quanto da rede privada. Cada profissional será vacinado em sua UBS de referência.

Já na segunda etapa de vacinação, o público-alvo são os idosos, que serão divididos por faixa etária, além das unidades básicas de saúde, a Equipe Municipal de Saúde irá adotar pontos estratégicos pelo município para também aplicar a vacina, além de realizar a vacinação na modalidade drive-thru.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça que a vacina contra a Covid-19 é segura e passou pelos procedimentos estabelecidos pelo ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para sua aplicação, como qualquer outra vacina que é utilizada para outras doenças no país. Neste momento, é fundamental que as pessoas recebam e tomem a vacina, visando impedir o avanço do coronavírus no país. Evitem a disseminação de fake news sobre a vacina, assim como aglomerações. O uso de máscaras e álcool gel continua sendo indispensável.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *