Música VAI EM CASA – XVI Festival de Mpb de Pereira Barreto

Compartilhe:

 

{mp3remote}https://www.pereirabarreto.sp.gov.br/images/stories/audio/mpb16/sexta/19-vai-em-casa.mp3|900|22|1{/mp3remote}

 

{tab=Letra}

 

Vai em casa sem medo ou sem tempo
Pruma sopa ou pruma oração
Eu ti dou as minhas borboletas
E os “Cem Anos de Solidão”

 

Vai em casa sentar na soleira
Da porta ou do meu coração
Vai prum “despertar do guerreiro”
Um narguile ou uma revolução

 

Vai em casa que o tempo não para
Ele anda feito procissão
Vai sujar as paredes de sonho
Vai plantar você no meu chão

 

Vai em casa por favor
Que os meus muros são de flor
Vai em casa como for
Vai por cor em quem eu sou

 

Vai em casa pra gente escolher
Um bom filme pra ver na TV
“Cidade de Deus” ou “ET”
Ou quem sabe “Se eu Fosse Você”

 

Eu ti faço alguns origamis
Que aprendi com um sábio chinês
Vai descalço, sem medo ou clichês
Vai ouvir um Pablo Milânes

 

Deixo a louça suja na pia
O que vale é a gente se ver
Minha sala desnuda e vazia
O que vale é a gente se ter

 

Vai em casa por favor
Que os meus muros são de flor
Vai em casa como for
Vai por cor em quem eu sou

 

Vai em casa que eu abro as gavetas
E ti mostro minha imperfeição
A bagunça do armário e das mesas
É a bagunça do meu coração

 

Eu ti empresto o meu “Clube da Esquina”
Meu tesouro maior pra você
Ouve “Cais” e a “Sede do Peixe”
Não precisa me devolver

 

Vai em casa por que eu quero tanto
Vai em casa pra ver os meus santos
Meus segredos e minhas promessas
Eu ti conto num canto sem pressa

 

Vai em casa por favor
Que os meus muros são de flor
Vai em casa como for
Vai por cor em quem eu sou

 

Vai em casa pra ver meus heróis
Vai em casa pra folgar os nois
Vai em casa pra ver os meus quadros
Os retratos de quem fomos nós

 

Vai em casa por tudo ou por nada
Vai por mim, por você, por alguém
Prum silêncio ou pruma palavra
Para um bolo ou para um amém

 

Vai que a casa tá aberta pra sempre
Ela é feito de fé e sementes
Nela moram sacis e duendes
Nela vive os sonhos da gente

 

Vai em casa, vai em casa, vai em casa, lá em casa, tô em casa, minha casa…

 

Vai em casa por favor
Que os meus muros são de flor
Vai em casa como for
Vai por cor em quem eu sou

{tab=Artista}

19 – MÚSICA: VAI EM CASA
AUTOR DA LETRA: MÁRCIA CHERUBIN
AUTOR DA MÚSICA: MÁRCIA CHERUBIN
INTÉRPRETE: MÁRCIA CHERUBIN
CIDADE: SANTO ANDRÉ – SP

 

{tab=Data de apresentação}
Sexta-Feira 08/05/2015 

8ª Música da noite
{/tabs}

2 thoughts on “Música VAI EM CASA – XVI Festival de Mpb de Pereira Barreto”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *